Diário de viagem: Os encantos de Machu Picchu - Brandani Decore
;

17-06-2016

Diário de viagem: Os encantos de Machu Picchu

Diário de viagem: Os encantos de Machu Picchu

É claro que não existe nada mais gostoso, reconfortante e prazeroso que o nosso lar doce lar!! Mas pra fugir da rotina do trabalho, transito, e problemas do dia a dia, e claro, adquirir uma riqueza inigualável em cultura e conhecimentos, somente uma bela e extraordinária viagem para reativar todas as nossas energias. E é exatamente de uma viagem assim que viemos falar hoje: fomos desvendar todo o explendor de Machu Picchu!!!

Em primeiro momento eu afirmo que não conseguirei definir em palavras a sensação e experiência de estar lá, porém, qualquer bom viajante gosta de ter umas boas dicas antes de se aventurar por terras desconhecidas, né? Por mais independente que seja, a verdade é que conhecer as experiências de outras pessoas que já visitaram os lugares ajuda a priorizar o que vale realmente a pena visitar. IMG_2877

A melhor época para programar essa viagem vai de maio a setembro, pois a probabilidade de chuva é menor. Dentro desses meses, junho e julho são os melhores para conhecer o legado Inca, já que a probabilidade de precipitação é menor ainda. Aproveita que ainda dá tempo :)

Voce não precisa de passaporte para essa viagem, porém levem na mala vosso passaporte, pois lá durante a visita eles carimbam com o visto de Machu-Picchu. Verdadeiramente Sensacional ter este carimbo no passaporte 😍

IMG_2862

Primeiro alerta: devido à altitude, cerca de 3.500 metros, qualquer atividade física cansa, até tarefas simples como descarregar as malas do carro, além de gerar mal estar, ânsia, dores de barriga e diarreia em algumas pessoas. Portanto, previna-se: tome chá de coca, que é oferecido como cortesia nos hotéis. Caso você queira se prevenir ainda mais, pegue três folhas de cocas, as mais verdes que tiver, e masque-as como chicletes logo que chegar em Cusco. Para quem gosta de beber, tome cuidado, pois também devido a altitude, fica mais fácil ficar bêbado.  IMG_2866

Quando se fala em conhecer Machu Picchu, visitar Cusco é obrigatório.

IMG_2096

Vielas

IMG_2046

Primeiro porque foi a capital do Império Inca e é linda de morrer 😍 E, por ser uma cidade com bons hotéis, ótima gastronomia, bares com happy hour até às 2 da manhã e baladas onde não se paga pra entrar, além de vários sítios arqueológicos nas redondezas, que acaba sendo o ponto de partida para vários tours e passeios.

IMG_2042

Tudo isso acontece em volta da famosa Plaza das Armas, por isso fique hospedado nas proximidades e bata muita perna por lá! Vale a pena :) Não deixe de comprar o Boleto Turístico (à venda na Av. El Sol 103), que dá direito a entrar em várias atrações em Cusco e no Vale Sagrado.IMG_2066

A simplicidade e a vida dura na expressão do povo me impressionou bastante!

IMG_2067

Para quem ama ir às compras, Cusco é o local ideal: tem artesanatos, roupas, artigos de prata e condimentos, com ótimos preços!!

IMG_2078

O pelo é feito de pele de verdade!! Deliciosamente macio. parece até que tocamos uma nuvem quando acariciamos estes pequeninos ♡

IMG_2072

Variedades da produção de milho. Amei os grãos negros…

IMG_2079

Hortalícias sempre lindas, vistosas e bem grandes <3

IMG_0087

E você ainda consegue pechinchar bastante 😉

IMG_0088

Recomendamos passar pelo mercado municipal São Pedro.

IMG_2855

Pelas ruas você também encontra vendedores ambulantes!!!

IMG_2063

Romã ♡

IMG_2810

Com poucas chuvas, a cidade é abastecida pela água das geleiras, que derrete e através de canais criados circulam pela cidade abastecendo e irrigam tudo!! IMG_2790

A água claro é extremamente gelada… >_<

IMG_2858

E mesmo com poucas chuvas o solo é fertil e torna tudo mais belo ainda!

IMG_2867 IMG_2861

Lhama sempre vista pela cidade!

IMG_2853

Traje típico usado em comemoração ao dia de Nossa Senhora de Fátima. IMG_2856

Crianças celebram dançando nas ruas, com supervisão dos professores.IMG_2854

Encantada!!

IMG_0157

Sobre a tão esperada ida à Machu Picchu ♡

IMG_2843

Segundo alerta: independentemente da previsão do tempo, vá bem agasalhado, porque pela manhã você irá morrer de frio, mas tenha uma roupa de calor por baixo, pois o sol é bem forte pela tarde :( ! Leve um tênis confortável, uma calça não muito pesada, uma camiseta, uma blusa, uma bolsa contendo água e se possível um lanche leve com frutas (as coisas são bem caras por lá), protetor solar, óculos de sol, um chapéu/boné, e claro seus documentos de identificação (passaporte ou RG).

Listamos aqui algumas maneiras possíveis de chegar em MP:

IMG_2813

Se você vai ficar poucos dias pelas redondezas :( e tem pouco tempo para explorar tudo que o lugar pode lhe oferecer, vá de trem! É o modo mais confortável e rápido. Os trens para Machu Picchu saem de Poroy ou de Ollantaytambo com destino a Aguas Calientes. Poroy fica a cerca de 30 minutos de Cusco, porém tem poucos horários de trem, e Ollantaytambo fica a 1 hora e 30 minutos de carro de Cusco. Existem duas companhias de trem que fazem o trajeto, uma é a Peru Rail e a outra é a Inca Rail, e ambas são semelhantes, portanto escolha qual se encaixa melhor no seu bolso e horário. A viagem dura apenas 1 hora e 30 minutos, portanto não é cansativa. Os tickets do trem você pode comprar na Plaza das Armas, nas agências das próprias companhias, e nesse caso, compre-as com antecedência, não deixe para a última hora e reserve dinheiro, pois fica em torno de $150,00 ida e volta.

IMG_2039

Pra quem quer conhecer o Vale Sagrado, essa é a melhor opção, já que ele está no meio do caminho entre Cusco e MP. É um pouquinho mais cansativo que a primeira opção porque você vai andar muito nas ruínas, mas não chega a ser aventureiro. Os trens para Aguas Calientes saem de Ollantaytambo e de Urubamba. Na volta, você pode pegar o trem direto para Cusco.

Em Cusco, você pode fechar um grupo para ir de van até a hidrelétrica de Santa Teresa ou pegar o transporte público que te deixa no mesmo local. São 7 horas por uma estrada à beira de precipícios, com muita emoção!! Ao chegar na hidrelétrica, você inicia uma caminhada de 15km (cerca de 3h) seguindo o trilho do trem. esse é um caminho alternativo, pode ser bem cansativo, mas o cenário compensa.

Pra quem tem disposição e tempo, e quer fugir da agenda lotada da famosa trilha inca, uma boa alternativa é seguir uma trilha pelas montanhas, Salkantay, leva 5 dias e 4 noites.

Para os de espirito mais aventureito, faça a trilha inca clássica. Porém fique atento: deve ser reservada com pelo menos 3 meses de antecedência, a procura é grande! Leva 4 dias.

Observações:

  • Compre sua entrada para MP com antecedência pelo site oficial.
  • Se você quiser subir a montanha maior, a Huayna Picchu, tem que fazer reserva! E lembre-se que é bem pesada, leva cerca de 2 horas.IMG_2821

Opte por ficar uma noite em Aguas Calientes, pois é um vilarejo muito acolhedor, com comidas típicas e pessoas simpáticas. Porém não há nada para fazer lá, além de comer e dormir. Se for ficar mais que uma noite por lá, visite o “Parque Aquatico” da cidade de água naturamente aquecida, bem gostoso e barato, muito bom pra relaxar depois de subir o Machu Picchu/Huaynapichu.

O melhor horário para chegar em Machu Picchu é quando os primeiros raios solares surgem pelas montanhas e iluminam a cidade. Para ter essa experiência, acorde cedo! Levante às 4 da manhã, tome café-da-manhã às 4h30 e chegue na fila dos ônibus antes das 5 da manhã, pois nesse horário já tem fila para os ônibus que começam as operações às 5h30.

Além de ter ver o espetáculo da natureza, Machu Picchu estará “vazia” para você tirar muitas fotos com mais tranquilidade. Algumas fotos pra vocês apreciarem mais a beleza exuberante deste lugar !!!

IMG_0154

Beleza da cidade perdida dos Incas !

IMG_2606

Sistema de calendário Inca, com base no reflexo da luz do sol na água, é possível saber que dia e estação do ano é…!

IMG_0159 IMG_0150

Templo do sol: única construção circular de Machu Picchu.

IMG_0151

Parte agrícola de Machu Picchu que tinha um sistema complexo de drenagem da água.

IMG_0152 IMG_0156IMG_0134 IMG_0125dsc04828

Templo das três janelas

fuentesagua

Os incas canalizaram um manancial oriundo dos lençóis freáticos de dentro da montanha para abastecer a cidade. Da saída de água original, criaram outras 16 fontes artificiais orientadas em diferentes direções, de modo a contemplar toda cidade. As áreas nobres recebiam fluxo contínuo de água e possuíam canais privativos de deságue

IMG_0108

É um dos pontos mais visitados do continente sul-americano e um roteiro clássico entre viajantes mais jovens. Desperta uma enorme alegria ao encontrar de forma mais intocada resquícios de uma sociedade cujo desenvolvimento pode não ter alcançado o domínio de armas de fogo ou do comércio em escala global, mas que possuía, por méritos próprios, conhecimentos avançados em áreas como agronomia, astronomia e arquitetura. Mais que isso, uma sociedade que tinha valores centrais de vida muito diferentes da sociedade atual.

IMG_0069

Se não estava na sua lista de “lugares que tenho que conhecer”, coloque imediatamente!! A riqueza que você trará dessa viagem, não tem preço!!

Beijinhos

Aline Reis

Por:

Aline Reis

Deixe seu comentário: